Como o cigarro pode afetar sua Visão

Que o cigarro não faz bem para nossa saúde todos já sabemos, esse hábito é a causa de doenças respiratórias, cardíacas, circulatórias e que também, pode ter ligação com os olhos. 

Ao fumar, centenas de substâncias tóxicas são jogadas para dentro de nosso organismo, e a partir daí, ficam livres para circular pela nossa corrente sanguínea, afetando órgãos vitais do nosso sistema, incluindo os olhos. 

E, infelizmente, não é apenas nos fumantes ativos que o cigarro pode afetar, mas também naqueles conhecidos como fumantes passivos, as pessoas que convivem com fumantes e acabam inalando a fumaça mesmo que inconscientemente. 

Quais doenças oculares o tabagismo pode causar?

Os principais sintomas de que há algo de errado com sua visão por causa do cigarro são: a síndrome do olho seco, a diplopia (quando uma pessoa vê duas imagens onde deveria ver apenas uma), a diminuição de nitidez das cores e a perda de visão noturna. Em pessoas fumantes, há uma incidência 40% maior desses problemas, pois o tabaco é responsável pela diminuição da irrigação do globo ocular.

Uma das doenças oculares mais prováveis de se aparecer em fumantes é a catarata, pois o tabaco pode prejudicar a transparência da lente natural do olho, o cristalino, a longo prazo, isso pode acelerar o processo de opacificação dessa estrutura. E como consequência, surge a catarata. 

E embora se largue o hábito de fumar para diminuir o risco de desenvolver doenças, elas podem se desenvolver ainda cerca de 15 a 20 anos após a interrupção no tabaco. 

Os últimos estudos

Em estudos mais recentes sobre como a fumaça do cigarro pode afetar negativamente os olhos, os pesquisadores da Universidade Farmacêutica Gifu, no Japão, destacaram que a fumaça produzida ao fumar leva à morte das células da córnea. 

Revelaram que a alta exposição à fumaça do cigarro acaba gerando um acúmulo de ferro, que mata as células do epitélio da córnea, a camada mais externa do olho, que tem como função absorver os nutrientes e oxigênio presente das lágrimas, e proteger contra infecções. A exata mesma reação também foi capturada com o aerossol produzido pelos produtos de tabaco aquecido, conhecidos como PTA (são produtos de tabaco que requerem o uso de um dispositivo eletrônico para aquecer um bastão ou uma cápsula de tabaco comprimido, essa cápsula é aquecida a uma temperatura suficientemente alta para produzir um aerossol inalável, mas a temperatura fica abaixo da necessária para combustão total).

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores cultivaram em laboratório culturas de células do epitélio da córnea humana, e expuseram parte delas a um extrato da fumaça do cigarro e do aerossol do PTA, que continham a maioria dos ingredientes inalados pelos fumantes. Após 24 horas, o número de células mortas nas culturas expostas à fumaça e aos aerossóis foi maior do que em comparação àquelas que não interagiram com as substâncias. 

Ao entrar em contato com os componentes do cigarro, a ferritina dentro das células oculares se decompõe, liberando o ferro armazenado. O acúmulo deste, por consequência, prejudica as próprias células.

Embora os resultados sejam importantes, os próprios autores destacam que mais estudos são necessários, principalmente em seres humanos, para confirmar os achados.

Este artigo foi útil

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário

Social Media

Mais Populares

Receba as últimas notícias

Se Inscreva para receber conteúdos especiais

Receba notícias e conteúdos da Martinato.

Receba Notícia
body {background-color: transparent !important; }

Arquivo

Encontre o post por mês

Categorias

Outros

Posts Relacionados

Dica de Filmes.

Filmes são grandes fontes de entretenimento, então aqui seguem dicas de nossos filmes preferidos com o tema voltado para a visão.