Notícia

Tecnologias inovadoras para deficientes visuais


As tecnologias estão, cada vez mais, auxiliando a vida das pessoas. E para aqueles com problemas de visão ou cegos, ela não é excessão.

A cada dia que passa novas tecnologias são lançadas para atender a diversos públicos com as mais variadas demandas.
Nos casos em que o indivíduo é um deficiente visual também está em questão a qualidade de vida. Selecionamos
alguns inventos que prometem atender as pessoas com problemas de visão ou cegas. São aplicativos, na maioria gratuitos, que foram desenvolvidos para os sistemas Android e iPhone.

Disponível no Android no Google Play, o aplicativo faz a leitura de objetos tridimensionais por uma rede neural artificial – neurônios artificiais – que relaciona o que está diante da câmera do aparelho com as imagens armazenadas em um banco de dados, buscando semelhanças. Para que funcione, o usuário aponta o celular à sua volta e quando o aparelho vibrar significa que o aplicativo detectou um objeto reconhecível e pode “dizer” qual é.

Aplicativo disponível para iPhone no iTunes, permite que as pessoas chamadas videntes, ou que enxergam, ajudem cegos com problemas específicos como: ler uma etiqueta, um rótulo ou uma conta. É preciso se cadastrar no sistema para ser voluntário ou como uma pessoa que precisa da ajuda. Envia imagens em vídeo do que precisa ver; a outra pessoa responde por escrito e o aplicativo verbaliza.

Disponível para iPhone e Android, reconhece variados tons de cores e verbaliza (em inglês) para o usuário. Permite que pessoas com baixa visão tenham condição de descobrir, por exemplo, a cor da roupa que pretendem usar ou se uma fruta ainda não está madura.

Possibilita anotações na tela do iPad ou iPhone e compartilha diretamente em braile. Basta o usuário posicionar os dedos sobre a tela que teclas dinâmicas aparecem, melhorando seu conforto.

O GPS, disponível para Iphone, foi desenvolvido para proporcionar aos cegos a possibilidade de conhecer a sua posição e obter informações sobre rotas a seguir. O usuário passa o dedo sobre o mapa e o aplicativo verbaliza onde ele está e oferece as coordenadas para chegar ao destino. O celular vibra caso seja preciso atravessar um cruzamento
e também sinaliza as paradas em ônibus em movimento.

“São aplicativos, na maioria gratuitos, que foram desenvolvidos para os sistemas Android e iPhone.”

Trata-se de uma loja de audiolivros com vasto acervo com vários gêneros literários, ideia parecida com o serviço de streaming populares. Também pode ser uma opção para pessoas que têm dificuldades para ler. Os usuários podem baixar o aplicativo Ubook pela Internet, iOS ou Android, e salvar os livros que mais interessam dentro do catálogo. Um diferencial do software é a possibilidade de compartilhar diretamente trechos de livros nas redes sociais.

Fonte: Revista Veja Bem

Deixe um comentário