Colunas oftalmica

Os diferentes tipos de colunas oftálmicas

Montar seu consultório não é uma tarefa fácil. Além de despender tempo, há preocupações como o layout da sala e espaço físico, design do ambiente e, principalmente, o investimento financeiro. Para quem está iniciando, muitas vezes a vontade de ter um consultório com equipamentos e mobiliários mais robustos brilham os olhos, porém isso faz com que o aporte possa ser mais do que o possível para este primeiro passo.

Os consultores da Martinato reuniram as perguntas recorrentes sobre mobiliário para consultórios e montamos este artigo para poder lhe ajudar a tomar decisões mais assertivas e, desta forma, menos custosas.

1. O que são coluna oftálmicas

Colunas para equipamentos de refração, Coluna de Greens, colunas oftálmicas… As colunas possuem diversos nomes no mercado, mas apenas um papel: garantir a segurança de seus equipamentos e paciente e facilitar o atendimento. Simples, não é?

Os tipos de colunas para consultório de refração

Existem diversos tipos de colunas, cada uma com uma peculiaridade diferente. Começaremos explicando as mais simples:

Colunas Portáteis

Não se enganem, o modelo portátil tem este nome por ser mais fácil de mover do que as outras opções, mas não pense que vai conseguir levar de porta em porta. As colunas portáteis são compostas por uma base sólida, com uma haste vertical onde há o braço para segurar o Refrator de Greens, uma luminária e, em alguns casos, uma prateleira para adicionar o projetor.

Colunas oftalmicas portatil

Existem diversas colunas “iguais” no mercado, poderia citar a diferença de material utilizado, acabamento e solda, mas vamos focar em dois diferenciais mais palpáveis: a base/pés e o braço do greens.

A base de uma coluna portátil é extremamente importante, mas realmente importante. Ela que vai dar estabilidade para o conjunto e garantir que seu investimento em refrator de Greens não vá, literalmente, para o chão. Quanto mais pesada esta base, mas seguro estarão seus equipamentos. Para explicar do porquê disso usamos a física básica, por ser um equipamento alto, você deve baixar o centro gravitacional (o peso) para garantir estabilidade. Fez sentido? Caso não, a equipe técnica da Martinato pode ajudar você a entender melhor.

Agora o segundo segredo, o Braço do Greens. Ele possui uma função: poder movimentar o Greens e posicioná-lo sem que este corra algum perigo de queda ou dano.

E por que é um ponto que deve ser observado? Bom, existem diferentes tecnologias para este sistema, algumas melhores que outras (como tudo). Uma tecnologia que demonstre alguma resistência no deslocamento do braço pode significar, no final do dia, uma grande dor no seu ombro. No final de um mês, uma dor pior e, depois de um tempo, danos mais complexos, como LER.

Colunas e Mesas

Agora vamos falar das colunas unidas as mesas, um sistema que ganhou muito espaço no mercado por ser mais compacto por possibilitar ter o Greens, Auto Refrator e/ ou Lâmpada de Fenda em um espaço pequeno.

Aqui possuímos diversos modelos, mas vamos dos mais básicos para os mais tecnológicos.

O modelo mais simples desse tipo possui uma mesa elétrica, com acionamento que fica embaixo do tampo e uma coluna para Greens básica, manual e que não tem grandes movimentações. É um modelo de entrada para este tipo de sistema e funciona muito bem para quem não procura mais funcionalidades. Neste modelo pode utilizar apenas um Auto Refrator ou uma Lâmpada de Fenda.

colunas oftálmicas

Os modelos intermediários já contam com uma coluna que tem movimentação elétrica: sobre, desce e, alguns, inclinam para que o Greens se posicione corretamente na frente do paciente. Facilita na consulta e, principalmente, acelera o processo, pois consegue ajustar o conjunto rapidamente. Parece pouca diferença comparado ao modelo anterior, mas essa aceleração de posicionamento pode significar um aumento de pacientes ou mesmo número de pacientes em menos tempo.

Por fim temos os modelos para profissionais já estabelecidos ou que investem em maior tecnologia em seu consultório. Essas colunas possuem suas funções com acionamento elétrico e podem até controlar a luz de sua sala. Seu investimento é maior, mas elas trazem grande valor agregado em suas consultas e seu painel elétrico permite agilidade nas funções e atendimento. Elas possuem diferentes designs e tamanhos, mas normalmente são maiores do que os outros modelos, marcando presença e auxiliando no marketing de sua clínica, principalmente com o público mais jovem que vem buscando tecnologia.

Colunas oftalmicas

Conclusão

Então, o que achou do nosso pequeno guia para Colunas? Ficou com alguma dúvida ou sugestões? Deixe nos comentários para que possamos responder e melhorar nossos conteúdos.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

Social Media

Mais Populares

Receba as últimas notícias

Se Inscreva para receber conteúdos especiais

Receba notícias e conteúdos da Martinato.

Receba Notícia
body {background-color: transparent !important; }

Arquivo

Encontre o post por mês

Categorias

Outros

Posts Relacionados

Equipamentos Essenciais para Óticas

Ao abrir uma óptica você irá descobrir que há equipamentos essenciais para trabalhar e facilitar sua vida. Reunimos uma lista aqui na Martinato indicando quais

Colunas oftalmica

Os diferentes tipos de colunas oftálmicas

Montar seu consultório não é uma tarefa fácil. Além de despender tempo, há preocupações como o layout da sala e espaço físico, design do ambiente e, principalmente, o investimento