Home
Loja
Minha lista0

Tonometria de Goldmann: Precisão no Diagnóstico do Glaucoma

O glaucoma é uma doença ocular grave e a segunda principal causa de perda de visão em todo o mundo. Muitas vezes referido como uma “doença silenciosa”, devido à sua progressão sem sintomas notáveis até que a perda significativa da visão ocorra 1 3. A tonometria de Goldmann, um procedimento usado para medir a pressão intraocular reconhecido por sua precisão, é essencial para o diagnóstico do glaucoma, tendo o tonômetro de Goldmann e a tonometria de aplanação entre os métodos mais comuns utilizados 3 4.

Essa medição é fundamental para detectar o glaucoma em seus estágios iniciais, permitindo um tratamento apropriado para preservar a visão do paciente pelo maior tempo possível 6. Além disso, as consultas regulares de tonometria ocular são essenciais para a manutenção da saúde ocular e a prevenção de problemas de visão com glaucoma, aumentado por fatores de risco como miopia e histórico familiar da doença 4 5.

Princípio de Funcionamento do Tonômetro de Goldmann

O Tonômetro de Goldmann, opera com base no princípio da aplanometria. Este método é considerado padrão-ouro para a medição da PIO devido à sua precisão e confiabilidade 13 14. Durante o exame, um cilindro plástico com uma área de 7,35mm² e diâmetro de 3,06mm, fixado a um braço metálico de uma lâmpada de fenda, é utilizado. Além disso, um prisma no dispositivo divide o menisco da superfície corneana em dois semicírculos 14.

Quando a córnea está adequadamente achatada, as bordas internas dos semicírculos se encontram. A força necessária para esse achatamento é diretamente proporcional à PIO, sendo medida em milímetros de mercúrio (mmHg). Este processo é rápido e indolor, não restringindo as atividades diárias do paciente, embora exija a aplicação de gotas anestésicas nos olhos e de uma solução de fluoresceína sódica, composto fluorescente que emite luz verde quando iluminado com a luz azul de cobalto 13 14.

Além disso, fatores como o paciente segurar a respiração (manobra de Valsalva), apertar os olhos ou pressionar a testa contra o aparelho, e usar roupas apertadas como colarinhos ou gravatas podem influenciar os valores da PIO obtidos pelo método Goldmann 14. Existem também versões portáteis do tonômetro de Goldmann que utilizam o mesmo princípio de aplanometria, permitindo medições fora da lâmpada de fenda e em diversas posições, o que é particularmente útil para pacientes com problemas de mobilidade 14.

Vantagens da Tonometria de Goldmann no Diagnóstico de Glaucoma

A tonometria com o tonômetro de Goldmann é reconhecida por sua precisão na medição da pressão intraocular (PIO), sendo considerada o padrão-ouro nesse tipo de diagnóstico 14. Este método proporciona resultados mais precisos devido à mínima distorção corneana durante a medição, o que é crucial para o manejo adequado do glaucoma 14.

Além disso, a disponibilidade generalizada do tonômetro de Goldmann em clínicas e hospitais o torna uma opção acessível para a maioria dos pacientes, facilitando o acompanhamento regular da saúde ocular 14. Essa regularidade é essencial, pois um alto IOP pode danificar o nervo óptico, levando a problemas de visão ou até cegueira, e verificações regulares permitem intervenções precoces 11.

Os avanços tecnológicos modernos também aprimoraram a experiência de tonometria, tornando os dispositivos mais confortáveis e precisos para profissionais médicos e pacientes 11. Além disso, esta evolução contribui para a eficácia e a eficiência das avaliações, garantindo que os tratamentos possam ser ajustados de maneira oportuna para preservar a visão do paciente.

As medições de IOP realizadas com o tonômetro de Goldmann podem ser integradas a outros testes diagnósticos, como testes de campo visual e imagens do nervo óptico, oferecendo uma abordagem compreensiva no manejo do glaucoma 14. Ademais, esse método integrado é especialmente importante no diagnóstico de glaucoma de tensão normal (GNT), onde uma investigação detalhada das condições sistêmicas é necessária devido à complexidade da condição 8.

Desafios e Limitações

Embora a tonometria com o tonômetro de Goldmann seja amplamente utilizada por sua precisão, existem desafios e limitações que afetam sua eficácia. Um desses desafios inclui a influência da espessura corneana nas medições da pressão intraocular (PIO). Corneas mais espessas podem levar a uma subestimação da PIO, enquanto corneas mais finas podem resultar em uma superestimação 15. Além disso, o tonômetro de Goldmann requer anestesia corneana, que pode ser desconfortável para alguns pacientes, e não é adequado para pacientes com irregularidades corneanas, cicatrizes ou inflamação ativa 15.

Outra limitação significativa é que o tonômetro de Goldmann só pode ser usado em ambientes clínicos devido às suas exigências específicas de configuração 15. Estudos indicam que as flutuações da PIO, tanto em olhos saudáveis quanto em olhos com glaucoma, variam significativamente dependendo do método e do momento do dia em que são realizadas.

Finalmente, a calibração inadequada dos tonômetros de Goldmann pode comprometer a precisão das medições da PIO, como observado no artigo que se refere a serviços de oftalmologia onde os dispositivos frequentemente não estavam calibrados corretamente 16.

Conclusão

Ao explorarmos a importância da tonometria e sua aplicação no diagnóstico preciso do glaucoma, fica evidente o papel crítico que o tonômetro de Goldmann desempenha nesse processo. Sua precisão, reconhecida como padrão-ouro, juntamente com os avanços tecnológicos, proporciona uma base sólida para o diagnóstico e manejo do glaucoma, possibilitando intervenções precoces que podem salvar a visão dos pacientes. A integração dessas medições com outros testes diagnósticos oferece uma abordagem compreensiva, essencial para um tratamento eficaz.

No entanto, enfrentamos desafios e limitações, como a influência da espessura corneana e a necessidade de ambientes clínicos específicos, que destacam a importância da pesquisa contínua e do desenvolvimento de novas tecnologias na oftalmologia. Apesar desses obstáculos, a tonometria mantém-se como uma ferramenta indispensável na prevenção e no combate ao glaucoma, encorajando a continuidade dos esforços na melhoria da precisão diagnóstica e na expansão do acesso aos cuidados oculares especializados.

FAQs

Como é realizado o diagnóstico do glaucoma?

O diagnóstico do glaucoma ocorre através de um exame oftalmológico completo, onde avalia-se a pressão intraocular do paciente. Em algumas situações, podem ser necessários exames adicionais, como o exame de fundo de olho e o teste de campo visual.

O que é Tonometria e como ela é aplicada?

A tonometria é um procedimento utilizado para determinar a pressão interna do olho, avaliando a tensão ou rigidez da superfície ocular. Além disso, esse teste é essencial para detectar a presença de glaucoma, uma condição que pode levar à cegueira por danificar o nervo óptico.

Qual é o nível de pressão ocular considerado indicativo de glaucoma?

A pressão intraocular é considerada elevada quando ultrapassa 21mmHg. No entanto, ter hipertensão ocular não significa necessariamente que a pessoa desenvolverá glaucoma, mas é um fator de risco para a doença.

Quais são os primeiros sinais indicativos de glaucoma?

Inicialmente, o glaucoma pode não apresentar sintomas. No entanto, na forma aguda da doença, os sinais mais comuns incluem dor ocular intensa, diminuição da visão, percepção de halos coloridos ao redor das luzes, náuseas e vômitos. Quanto à faixa etária, o glaucoma pode afetar pessoas de diferentes idades, mas é mais comum em idosos.

Referências

[1] – https://provisaomacapa.com.br/a-tonometria-e-sua-importancia-no-tratamento-de-glaucoma/
[2] – https://www.clinicspot.com.br/glaucoma-a-importancia-do-diagnostico-precoce-e-as-estrategias-de-tratamento/
[3] – https://www.ioc.med.br/blog/identificando-o-glaucoma-em-um-sopro
[4] – https://coioftalmologia.com.br/blog/exame-oftalmologico/que-e-tonometria-de-aplanacao/
[5] – https://centraldavisao.com.br/exames-oftalmologicos/o-que-e-tonometria-conheca-o-exame/
[6] – https://optivisionbrasil.com.br/blog/exame-de-glaucoma-saiba-tudo-sobre-o-tonometro-de-aplanacao/
[7] – https://www.scielo.br/j/rbof/a/pBSWx94fNqMxkX9tR3SpbFg/?lang=pt
[8] – https://www.scielo.br/j/abo/a/wdkGCkrnsKG3cnY7K7RQbLk/
[9] – https://www.drluciooftalmologista.com.br/outros-procedimentos/glaucoma/diagnostico-do-glaucoma-campo-visual-tomografia-de-coerencia-optica-papilografia-analise-de-fibras-nervosas-paquimetria-outros
[10] – https://www.rmmg.org/exportar-pdf/2471/v28s7a03.pdf
[11] – https://mundooculos.com.br/tonometria-a-importancia-da-medicao-da-pressao-intraocular/
[12] – https://www.scielo.br/j/rbof/a/sjnRPhvbY4tKwcMrJTpZZQQ/?lang=pt
[13] – https://oftalmologiagilsonmariano.com.br/exame/tonometria-de-goldmann/
[14] – https://blog.eyecarehealth.com.br/tonometria-metodos-disponiveis-suas-diferencas-e-indicacoes/
[15] – https://glaucoma-answers.org/pt-pt/inicio/metodos-diagnosticos/pressao-intra-ocular/tonometria-goldmann-passado
[16] – https://www.scielo.br/j/rbof/a/4d67cnjmwQsxbrRv7mSXCVc/?lang=pt
[17] – https://repositorio.ufba.br/bitstream/ri/20857/1/Ingrid%20Monteiro%20Silva%20-%20Monografia.pdf
[18] – https://www.rmmg.org/artigo/detalhes/2471

Compartilhe

Deixe um comentário

Mais Populares

Receba as últimas notícias

Se Inscreva para receber conteúdos especiais

Receba notícias e conteúdos da Martinato.

Arquivo

Encontre o post por mês

Categorias

Outros

Posts Relacionados

Ir para o topo

Está com alguma dificuldade?

Fale conosco no WhatsApp

Este site utiliza cookies para melhorar a experiência de navegação. Conheça nossa política de privacidade

Vamos conversar
Olá! Se tiver alguma dúvida sobre algum produto, me mande uma mensagem!