oftalmologia

15 dicas para uma comunicação eficaz em sua clínica

Quando você ainda está se acostumando a trabalhar cara a cara com os pacientes, comunicar-se com eficácia pode ser um desafio. Aqui na Martinato separamos 15 dicas úteis para melhorar a comunicação com o paciente – levando a melhor conformidade e resultados!

Em uma clínica de olhos, como em todas as esferas da interação humana, a boa comunicação é fundamental para o sucesso. Os pacientes contam com os profissionais para se comunicarem com eficácia para obter garantias, conhecimento, orientação, motivação e, acima de tudo, os melhores resultados de saúde.

Para tanto, é fundamental que se transmita as informações de forma adequada e de forma que permita ao público-alvo compreender plenamente a mensagem.

Pontos-chave para uma comunicação e educação eficazes do paciente:

  • Entre na sala com um plano

Estar bem informado sobre a história do paciente e o motivo do encontro é importante para garantir uma visita tranquila e eficiente.

  • Cumprimente o paciente e apresente-se a todos

Não presuma como outras pessoas se relacionam com o paciente. Pergunte como todos estão relacionados e apresente-se a todos.

  • Mantenha um bom contato visual

Sem um bom contato visual, os pacientes podem não conseguir se conectar ou se sentir em sintonia com o profissional. Os pacientes têm menos probabilidade de aceitar tratamentos se a falta ou o contato visual inadequado lhes dá uma sensação de apatia.

Com os prontuários eletrônicos, é especialmente importante evitar gastar muito tempo falando com o paciente de costas ou olhando para a tela do computador.

  • Defina expectativas claras

Explique ao paciente quais são os objetivos da visita de hoje e o que esperar. Evite jargão médico excessivo, mas, quando usado, explique também em termos leigos.

  • Sentar-se

Reserve um momento para se sentar e evite se elevar sobre o paciente. Torne-se acessível e afável. É bem sabido que os pacientes acham que o profissional gasta significativamente mais tempo do que o tempo real gasto quando ele se comunica sentado.

  • Ouça

Permita que o paciente fale e faça o possível para evitar interrompe-lo. O paciente está freqüentemente preocupado e tem muitas emoções passando por sua mente. Permitir ao paciente o tempo e a oportunidade de se comunicar livremente é terapêutico.

Se inscreva na nossa Newsletter para receber notícias e artigos únicos:

loading…

  • Reconhecer, validar e tranquilizar

Não importa o quão astuta ou aparentemente bizarra seja a reclamação de um paciente, evite o julgamento e seja objetivo. Reconheça as preocupações do paciente, valide sua experiência e tranquilize quando apropriado.

  • Educar

Explique a razão dos sintomas do paciente, nomeie o diagnóstico e discuta-o de uma forma que seja fácil de seguir e entender. Explique de forma clara e concisa quais são os próximos passos, o que o paciente deve esperar, sinais de alerta a serem observados, como entrar em contato com você se houver uma mudança aguda e qual será o plano de acompanhamento.

  • Demonstrar

Sempre que possível, use modelos e fotos para ilustrar o que o paciente está passando. As analogias podem ser benéficas para melhorar a compreensão do paciente.

  • Repita e reforce

Repita os pontos-chave e resuma a visita, especialmente quando estiver claro que o paciente não compreende totalmente o que está sendo dito. A linguagem corporal do paciente fornece muitas pistas para seu nível de compreensão e satisfação.

  • Avalie a compreensão

Quando apropriado, peça ao paciente para repetir o que foi discutido para confirmar o entendimento. Por exemplo, pergunte ao paciente quais medicamentos oculares serão usados ​​e com que freqüência.

  • Fornece instruções por escrito

Seja um folheto sobre blefarite, folheto sobre degeneração macular relacionada à idade, instruções de medicação ocular ou resumo da visita, fornecer aos pacientes uma cópia física (ou eletrônica) de suas informações pode ser muito útil. Muitos pacientes estão preocupados, distraídos e / ou oprimidos por não serem capazes de reter tudo o que foi discutido, muito menos implementar tudo. Portanto, ter uma cópia de instruções claras é um grande passo para que muitos sigam as recomendações do médico. Isto é especialmente importante pós-procedimento (por exemplo, primeira injeção intravítrea) ou pós-cirurgia (por exemplo, reparo de descolamento de retina com instruções de posicionamento).

  • Peça e responda perguntas

Sempre faça um esforço concentrado para responder a quaisquer perguntas do paciente antes de encerrar o encontro com o paciente.

  • Planeje a próxima visita

Coordene o acompanhamento e forneça lembretes de compromissos.

  • Termine o encontro positivamente

Crie um ambiente positivo para o paciente e faça o possível para transmitir otimismo, mas seja honesto e não forneça falsas esperanças. Freqüentemente, é melhor comprometer e entregar em excesso. Trabalhe para continuar a construir uma relação médico-paciente respeitosa, profissional e saudável. Esteja disponível e estabeleça um bom relacionamento para melhorar a adesão do paciente, a consistência do acompanhamento e a qualidade dos resultados de saúde.

Palavras de despedida:

Lembre-se sempre de que o paciente é a pessoa mais importante na sala. Uma comunicação clara e eficaz é fundamental para otimizar a saúde e o bem-estar do paciente.

Conclusão

Iniciar o atendimento ao cliente pode parecer complexo e um desafio muito grande para quem não está acostumado, mas no fim é bem simples. Aqui apresentamos 15 dicas para melhorar seu atendimento, mas não se prenda a elas. O mais importante é agir de modo humano e buscar ajudar o seu paciente, o resto virá automaticamente.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

Social Media

Mais Populares

Receba as últimas notícias

Se Inscreva para receber conteúdos especiais

Receba notícias e conteúdos da Martinato.

Receba Notícia
body {background-color: transparent !important; }

Arquivo

Encontre o post por mês

Categorias

Outros

Posts Relacionados