Refração

Como aferir Tonômetro de Goldmann

By outubro 11, 2019 No Comments

Tonômetro de Goldmann

Esse procedimento que vale para a maioria dos Tonômetros de aplanação do tipo Goldmann é muito fácil de fazer, mas é só uma conferência, para verificar se ele esta aferido. Se apresentar diferença ele deverá ser enviado a um técnico para o reparo.

 

Como fazer a Aferição:

  • Primeiramente coloque o tonômetro em sua base, a Lâmpada de fenda devera esta nivelada.

1nivel

  • Pegue o calibrador.

2tono_0

  • Encaixe ele na lateral do tonômetro (no local indicado).

3tonometro_calibr

  • Ajuste o calibrador na posição central.

4tono_0_seta

  • Coloque o botão de ajuste na posição zero ou menos.

5tonometro_bot_ajust

Gire lentamente o botão de ajuste até a posição zero,

O cone devera estar livre sem estar fixo para frente ou para traz (pode ser que ele não fique na posição central devido ao tempo de uso, isso é normal) Sopre as pontas do calibrador (nos locais indicados abaixo), ao soprar na frente o cone deve movimentar para frente e se manter nessa posição ou ficar na posição central (essa é a mais correta) e ao soprar a parte de traz do calibrador o cone deve se mover para traz e se manter nessa posição ou ficar na posição central.

6calibra_sopro

  • Se o cone não se mover com facilidade, mova o botão de ajuste lentamente até que isso ocorra (se passar da metade da distancia entre um traço e outro, o aparelho está descalibrado procure um técnico).

7movimento_cone

Se estiver dentro do limite continue.

  • Mova o cilindro do calibrador para a próxima marcação (puxando o cilindro do calibrador em sua direção).

8tono_20

Gire lentamente o botão de ajuste até a posição 2 (20mmHg),

O cone devera estar livre sem estar fixo para frente ou para traz (pode ser que ele não fique na posição central devido ao tempo de uso, isso é normal) Sopre as pontas do calibrador (nos locais indicados abaixo), ao soprar na frente o cone deve movimentar para frente e se manter nessa posição ou ficar na posição central (essa é a mais correta) e ao soprar a parte de traz do calibrador o cone deve se mover para traz e se manter nessa posição ou ficar na posição central.

9calibra_sopro

 

  • Se o cone não se mover com facilidade, mova o botão de ajuste lentamente até que isso ocorra (se passar da metade da distancia entre um traço e outro, o aparelho está descalibrado procure um técnico).

7movimento_cone

Se estiver dentro do limite continue.

  • Mova o cilindro do calibrador para a próxima marcação (puxando o cilindro do calibrador em sua direção).

11tono_60

Gire lentamente o botão de ajuste até a posição 6 (60mmHg),

O cone devera estar livre sem estar fixo para frente ou para traz (pode ser que ele não fique na posição central devido ao tempo de uso, isso é normal) Sopre as pontas do calibrador (nos locais indicados abaixo), ao soprar na frente o cone deve movimentar para frente e se manter nessa posição ou ficar na posição central (essa é a mais correta) e ao soprar a parte de traz do calibrador o cone deve se mover para traz e se manter nessa posição ou ficar na posição central.

12calibra_sopro

 

  • Se o cone não se mover com facilidade, mova o botão de ajuste lentamente até que isso ocorra (se passar da metade da distancia entre um traço e outro, o aparelho está descalibrado procure um técnico).

7movimento_cone

“Se passar por esses testes e todas as medidas estiverem corretas, parabéns o seu aparelho esta calibrado e dentro dos padrões”

Lembre-se de calibrar o Tonômetro sempre que houver alguma duvida ou algum acidente, como queda.

Calibre o tonômetro pelo menos uma vez a cada 2 meses pois embora você tenha muito cuidado com ele, você não esta ao lado dele 24h (Também acontecem acidentes quando você não esta presente)

O texto original de Marcos Benjamin pode ser encontrado aqui

Leave a Reply