Refração

O que é um Auto Refrator?

By setembro 6, 2019 setembro 11th, 2019 No Comments

O Auto Refrator é um equipamento polêmico entre os profissionais. É considerado, por alguns, essencial no consultório, podendo ser o primeiro equipamento a ser adquirido pois remete a tecnologia, rapidez na consulta e precisão. Já outros são incrédulos com esta tecnologia, considerando-a apenas uma propaganda enganosa de seu potencial.

Mas qual seria a realidade?

Antes de começarmos a falar sobre um dos equipamentos que mais causam discussões entre os profissionais, precisamos falar sobre o que é a refração. Ela é um fenômeno que ocorre quando o feixe de luz proveniente de um ambiente externo atravessa o globo ocular formando a visão na retina. Quando esses feixes de luz são desviados e não chegam focados no ponto correto chamamos de Erros de Refração. Os mais comuns encontrados são a miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. 

Esses erros podem ser medidos e ajustados através de diferentes técnicas, uma delas o uso de lentes corretivas. Porém, para identificar o grau (dioptria) dessas lentes corretoras, utiliza-se um exame de refração. E é ai que entra o Auto Refrator.

O que é o Auto Refrator?

 

É um equipamento utilizado para identificar o erro de refração do paciente. Com ele obtemos o grau próximo rapidamente, acelerando o processo da refração.

 

E por quê precisamos do Auto Refrator?

Bom, primeiro, ele agiliza a consulta e pode ser facilmente manuseado por alguém, desde que esta pessoa tenha uma breve treinamento antes. Os modelos mais atuais podem fazer, além da refração, a ceratometria. E, por fim, ele é um ótimo marketing para seu consultório, pois seu modelo encorpado, telas touch screen e modo de utilização chama atenção e refletem tecnologia ao seu espaço.

Então, por que há profissionais que não gostam dele?

O problema principal é a confiança cega que muitos colocam no equipamento, achando que é extremamente preciso em todas as situações. Mas este não é o caso. O Auto Refrator é um equipamento de triagem e nunca deve ser utilizado sozinho para fazer a avaliação do paciente. 

O motivo disso é que não é possível utilizar o Auto Refrator para medir o erro da refração em alguns pacientes com determinadas características como hiperplasias conjuntivais, irregularidades correias, opacificações de meios, pacientes pouco colaboradores e crianças pequenas, entre outros. 

Além disso, temos hoje o excesso de uso de aparelhos como tablets, smartphones e laptops. Eles alteram a acomodação do cristalino e pode, facilmente, enganar o auto refrator. Desta forma, deve-se utilizar também outros meios de medir a dioptria do paciente, como o uso da tabela de optativos e o refrator de greens.

Portanto, o Auto Refrator é um aparelho que irá, sim, apoiar o exame de refração, aproveitando melhor o tempo ao aproximar o grau do paciente e trazendo credibilidade a clínica por sua imponência e tecnologia. Mas nunca deve ser utilizado sozinho, pois não elites até o momento um Auto Refrator que identifique a dioptria perfeitamente ou atenda todos os casos de pacientes.

 

Caso você tenha alguma dúvida sobre Auto Refratores, contate um de nossos consultores.

E se quiser conhecer os modelos do mercado, acesse este link.

Leave a Reply