Dificuldades para enxergar?

Saiba o que fazer para manter a saúde dos seus olhos em dia

Tem dificuldades para ler um texto de jornal ou revista? Ou focar em uma frase que se encontra mais distante?

Não enxergar com nitidez pode ser um sinal de alerta e, em alguns casos, não se dá a atenção necessária, podendo colocar a visão em risco. Saiba quais os principais motivos da visão estar embaçada.

Miopia
Dificuldade em enxergar de longe.
A miopia pode ser causada pela curvatura acentuada da córnea ou pelo formato mais alongado do globo ocular, fazendo com que os raios de luz sejam focalizados antes da retina.

Hipermetropia
Dificuldade em enxergar de perto.
Devido ao tamanho do globo ocular, que é menor, os raios luminosos focalizam depois da retina.

Astigmatismo
Dificuldade de enxergar de longe e de perto.
Neste caso, a incidência da luz incide em ângulos diferentes pois a córnea possui sua superfície irregular.

Presbiopia
Também conhecida como vista cansada, pode ocorrer qualquer pessoa devido a perda da capacidade do cristalino de mudar de forma para focar em objetos que estão perto.

A não correção dos casos citados podem configurar uma das principais causas da baixa visão, de acordo com o IAPB (Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira). Juntamente com a Catarata, esses problemas são responsáveis por quase 75% de todos os casos de deficiência visual no mundo.

As estatísticas mundiais nos trazem a prevalência de miopia e astigmatismo em 30% das pessoas com menos de 40 anos que precisam ou precisaram de óculos. Projeções feitas no Atlas do IAPB é que, até o próximo ano, 34% da população mundial seja afetada pela miopia e, até 2050, chegue próximo de 50%.

Erros de refração são bem comuns e podem ser corrigidos através dos óculos de grau ou lentes corretoras. Mesmo assim, ainda são ignoradas por pessoas que se encontram com o problema. Os graus muito elevados podem gerar condições de riscos para a visão, podendo ocorrer descolamento da retina, glaucoma e/ou catarata. Nos casos ainda mais graves, existe a possibilidade de desenvolver a Degeneração Macular Miópica, sendo um dos principais motivos da cegueira mundial.

Hoje, os óculos de grau estão cada vez mais leves, resultado da evolução da tecnologia de fabricação dos mesmos, que permite uma correção mais precisa dentro de cada necessidade.
Além de ser considerado um item de moda e estilo.

O diagnóstico e a correção dos erros refrativos são simples e é o melhor caminho para seguir.

Caso você, alguma pessoa próxima, ou até mesmo uma criança, esteja enfrentando alguma dificuldade para enxergar, não hesite em consultar um especialista no assunto.

E você sabe quais equipamentos são necessários para fazer o diagnóstico?

Unidade de Refração
Também conhecida como Conjuntos Oftálmicos Elétricos, a unidade de refração é uma estrutura indispensável para posicionar corretamente os aparelhos que que auxiliam na observação do paciente. Nela podem ser acomodados diversos equipamentos, por exemplo, a Lâmpada de Fenda, Auto Projetor, Retino Oftalmoscópio, Caixa de Prova ou Refrator de Greens, Lanterna, dentre tantos outros equipamentos.

Lâmpada de Fenda
É um equipamento muito utilizado que permite observar as pálpebras, a esclera, a conjuntiva, a córnea, a íris, o cristalino e o fundo ocular em várias ampliações.
O paciente permanece sentado (em um mocho), apoia seu queixo no suporte da Lâmpada de Fenda, ficando com a cabeça imóvel, desta forma o profissional consegue realizar a observação do globo ocular em diversas ampliações, conforme o equipamento.

Auto Refrator
É um aparelho que permite que o profissional efetue a refração de uma forma automática e mais rápida, conseguindo perceber com agilidade se o paciente possui uma visão 20/20, se é míope, hipermetrope ou se tem astigmatismo. Tendo a facilidade de imprimir o resultado na hora por ter impressora térmica acoplada.

Oftalmoscópio e Retinoscópio
O Oftalmoscópio é um equipamento que permite a observação do fundo do olho de uma forma direta e rápida. Já o Retinoscópio é um aparelho utilizado para verificar erros refrativos de forma objetiva e manual.

Refrator de Greens
Utilizado para diagnosticar e corrigir miopia, hipermetropia, astigmatismo e da presbiopia. Também pode ser usado para avaliar a evolução ou recuperação de doenças oculares, resultados e tratamentos.

Auto Projetor, Optotipo Led ou Digital
Em qualquer um destes equipamentos se consegue realizar o exame, um teste que serve para avaliar os olhos, pálpebras e canais lacrimais de forma a investigar doenças oculares, como o glaucoma ou a catarata, por exemplo.

Saúde é um assunto sério e só pode ser tratada por profissionais especialistas na área.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário

Social Media

Mais Populares

Receba as últimas notícias

Se Inscreva para receber conteúdos especiais

Receba notícias e conteúdos da Martinato.

Receba Notícia
body {background-color: transparent !important; }

Arquivo

Encontre o post por mês

Categorias

Outros

Posts Relacionados

Vitaminas para os Olhos

Certas vitaminas são essenciais para manter uma boa saúde ocular. São antioxidantes poderosos que protegem os olhos e outras partes do corpo.